quinta-feira, 9 de junho de 2016

Violência não pára em Tomar

Um jovem de 24 anos foi gravemente ferido na cabeça com um objeto contundente na noite de terça feira, dia 7, na praça da República em Tomar.
João Marques diz que não se lembra de nada e nem sabe quem foi o autor da agressão.
Conduzido ao hospital foi suturado com mais de 10 pontos.
O jovem frequenta o curso de ajudante de cozinha e pastelaria no centro de reabilitação profissional de Tomar (CIRE)*.
Este é mais um caso de violência a juntar a outros que têm sido noticiados por exemplo aqui, aqui, aqui e aqui.

*Retificação: O jovem frequenta o centro de Reabilitação Profissional de Tomar (CIRE) e não o centro de formação profissional de Tomar como inicialmente noticiámos.

5 comentários:

  1. Este jovem não frequenta nenhum curso no centro de formação de Tomar.
    mas sim noutra instituição de Tomar

    ResponderEliminar
  2. É mesmo o que era necessário saber, mas já agora frequenta sim de reabilitação profissional. Para quem pensa que sabe o que é importante!

    ResponderEliminar
  3. a praça da republica paga muita coisa
    ganhem guiso

    ResponderEliminar