sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

Livro "Como Chegar Novo a Velho" apresentado em Tomar

Por iniciativa da livraria Nova, vai ser apresentado nesta sexta feira, dia 12, em Tomar, o livro "Como Chegar Novo a Velho", de Manuel Pinto Coelho. A apresentação tem lugar nos Lagares d’el Rei pelas 21.15 horas.
No livro o autor explica "como chegar novo a velho, como ter mais e melhor saúde, mais e melhor longevidade, sem recorrer a medicamentos. Um conjunto de procedimentos baratos, simples e de resultados surpreendentes que são completamente ignorados por força do lobi da indústria farmacêutica".
Durante a sessão de lançamento vai atuar a tuna da Universidade Sénior de Tomar.
No sábado pelas 16 horas é a vez da escritora Isaura Matos participar na apresentação do seu livro “Ao nascer de uma Papoila” na livraria Nova. A autora é portadora de paralisia cerebral e utente do Serviço de Psiquiatria do Hospital de Tomar.

Bispo vem a Tomar falar da Misericórdia

O Bispo de Santarém, D. Manuel Pelino, desloca-se a Tomar nesta sexta feira, dia 12, para proferir uma conferência sobre Misericórdia e Espiritualidade na Família. Será às 21 horas na biblioteca municipal, com entrada livre.
Esta é uma iniciativa da Vigararia de Tomar que organiza um ciclo de conferências para “refletir sobre a Misericórdia e as suas obras neste ano Jubilar da Misericórdia, convocado extraordinariamente pelo Papa Francisco."

O mal-amado – parte II

Opinião

Vamos diretos ao assunto!
Haverá alguém mais mal-amado na nossa vida pública do que Luís Ferreira?
Verdade seja dita que esta personalidade tem o mérito de "fazer o pleno"!
É praticamente unânime o reconhecimento da sua capacidade de gerar ódios de estimação com todos aqueles com quem priva durante algum tempo.
Luís Ferreira é um personagem laborioso, visionário, obcecado.
Por exemplo, na autarquia, em face de um qualquer problema candente ou não, enquanto os seus eleitos ficam a tecer rendas de bilros, Luís Ferreira resolve! Durante os dois anos em que esteve à  frente dos destinos do município de Tomar a coisa era assim caraterizada: "Alguém tem um problema? Quer resolvê-lo? Fale com o Luís Ferreira!".
Até já havia quem dissesse: "Mais vale um Luís Ferreira a dormir do que…”, é melhor não concluir a citação...
Luís Ferreira é um homem de fação. Não o esconde nunca o escondeu. Encontra-se permanentemente a tecer (não rendas de bilros...) redes de influência, a distribuir cargos, conceder benesses, aos da sua cor ou credo, é claro! Em troca quer ser obedecido sem reservas, quer retribuição, não quer ouvir um piu... Com ele aplica-se aquela regra: "quem não é por mim, é contra mim!".
Mas o que o alimenta? O que o motiva?
Apenas uma simples coisa: O Poder!
Sim, o Poder inebria-o. Provoca-lhe descargas de adrenalina que o fazem dispensar o sono, a alimentação e, eventualmente, até outras necessidades fisiológicas... Conclusão, o cheiro do poder, o exercício do poder tornam este homem numa máquina. Pensarão os caros leitores menos atentos que tudo isto é um exagero. Não podiam estar mais enganados. O homem não só se torna uma máquina, como se torna numa máquina de guerra!
Luís Ferreira tem apetência pelo poder. Mas não um poder qualquer. Dá-lhe gozo o poder autárquico. Há anos que, com aquele labor já referido, tens o olhar fito na cadeira de poder na autarquia. No mandato anterior, empurrando o ingénuo arquiteto Becerra Vitorino para cabeça de lista do PS, exerceu funções executivas na coligação forjada com o PSD de Miguel Relvas. Exercendo funções nos bombeiros e no turismo provou o poder, essa poção mágica que o leva a acreditar ser um predestinado. Quando julgou oportuno, rompeu a coligação e "assassinou politicamente" o arquiteto.
Para tentar ganhar a autarquia em 2013 preparou a coisa com rigor militar. Atrás da figura popular da sua companheira Anabela Freitas arrancou a ferros uma vitória tangencial ao desavindo PSD. Ainda deve ter sido mais saborosa para Luís Ferreira a vitória assim. Os PSD's de boca aberta incrédulos com a derrota... Puro gozo!
Mas uma coisa sobre a qual Luís Ferreira não gosta de elaborar é o facto dele próprio não ter condições para ser candidato. Não ter imagem para isso. Não convencer pela palavra falada. A imagem e a voz têm que ser de outro apesar do conteúdo, a mensagem ser sua. Isto deve doer. Dói com certeza. Luís Ferreira nunca será presidente da Câmara Municipal de Tomar. Estou a falar dum presidente que tenha encabeça uma lista porque chegar a presidente indo em número três, vindo posteriormente a desistir os dois primeiros, já é outra conversa...
Então voltemos ao mote desta crónica. Como é que este homem providencial para o PS Tomar, distribuidor de lugares, resolutor de problemas, estratego visionário da missão do seu partido no concelho acaba mal-amado pelos seus pares, aqueles seus pares que fez sentar nas cadeiras de poder em que se encontram?
A palavra para isto é: Ingratidão!
O homem que instalou o PS no município de Tomar acabou corrido pelos seus, longe da sua terra com um razoável prejuízo moral e material.
Mas Luís Ferreira, não sendo nenhum predestinado, ainda assim tem "sete vidas". Há que esperar que se acalme, que deixe de esbracejar pois sendo natural a sua raiva, ele próprio reconhecerá que essa atitude tratar-se-á dum espúrio gasto de energias.
Depois, preparem-se, é mesmo de esperar pelo REVENANT!
                                                                                José da Silva

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

Roubaram máquina de tabaco em café da Lamarosa

A notícia é do jornal Correio da Manhã (11-02-2016)

Automobilista choca contra capelinha das Aparições

Foto aqui
A noite passada um homem de 24 anos entrou de carro no recinto do Santuário de Fátima e acelerou contra a capelinha das Aparições provocando alguns danos.
O mesmo indivíduo ainda tentou destruir a redoma que protege a imagem de N.ª Sr.ª da Fátima mas não conseguiu atingir os seus intentos.
Acabou por ser detido pela GNR mas faltou à apresentação ao tribunal de Ourém que deveria acontecer hoje.
Já em 2010 um automobilista entrou no Santuário de Fátima e por ali circulou durante cinco minutos (ver vídeo abaixo).
A agência Lusa lançou uma notícia sobre o caso ocorrido a noite passada.

Homem acelerou contra Capelinha das Aparições provocando danos na estrutura
A Capelinha das Aparições, no Santuário de Fátima, foi alvo de vandalismo na noite de quarta-feira, mas a Imagem de Nossa Senhora de Fátima não sofreu qualquer dano, informa a página da instituição na internet.
Segundo o Santuário, “um carro, a alta velocidade, entrou no recinto, depois da recitação do Rosário das 21:30 e foi embater na estrutura da Capelinha, provocando danos nas portas de acesso e danificando parte do muro”. O condutor “saiu do carro e com um artefacto (…) tentou destruir a redoma que protege a imagem mas (…) sem sucesso”, acrescenta a instituição.
“O Santuário acionou de imediato os mecanismos de segurança e prontamente a polícia acorreu ao local, tendo tomado conta da ocorrência e detido o único ocupante desta viatura e autor desta tentativa de vandalização da Capelinha e da Imagem de Nossa Senhora de Fátima”, informa a nota publicada no site.
Fonte da GNR disse à agência Lusa que o suspeito, um homem de 24 anos, da zona de Lisboa, foi detido e, “por indicação do Ministério Público, foi notificado para comparecer no Tribunal de Ourém”, no distrito de Santarém, na tarde de quinta-feira, mas “não compareceu”. Segundo a GNR, o pai do suspeito terá informado que o jovem foi “hospitalizado”.
                                                                                 Agência Lusa

Feira de velharias muda de data e local

No próximo domingo, dia 14, é a última vez que a feira de artes, colecionismo e velharias de Tomar se realiza na Alameda Um de Março e rua Amorim Rosa.
O certame vai passar a realizar-se na zona do mercado municipal mantendo a periodicidade mensal mas agora passa para o primeiro domingo de cada mês.
O objetivo desta mudança, segundo Humberto Calado, da organização, é “procurar dinamizar a área do recentemente reinaugurado mercado municipal”.
Foi neste espaço, aliás, que a feira começou faz em maio 20 anos. Uma iniciativa da Acaart - Associação Cultural de Artesãos e Artistas Plásticos dos Templários

Filme raro mostra Abrantes, Constância, Tancos e Almourol em 1929 (c/ vídeo)

Almourol em 1929
Um filme antigo que consta do acervo da Cinemateca portuguesa mostra imagens de Abrantes, Constância, Tancos e Almourol há 87 anos.

Trata-se de um documentário de 1929, a preto e branco e sem som, sobre uma “excursão escolar” do liceu Alexandre Herculano, do Porto, a vários locais do país. A partir dos 11 minutos e 55 segundos surgem imagens de Abrantes (panorâmica vista do castelo), Constância, a "escola de aviação" de Tancos e o castelo de Almourol.

O grupo de estudantes saiu do Porto e visitou Águeda, Caramulo, Viseu, rio Dão, Mangualde, Gouveia, Serra da Estrela, Manteigas, Gardunha, Teixoso (romaria), Covilhã, Castelo Branco, Portas de Rodão, rio Tejo, Arês e passou depois pela nossa região.
Abrantes em 1929

Constância em 1929

Tomarense treina Sporting Clube de Braga

O tomarense César Silva assumiu funções como treinador principal da equipa de sub-13 do Sporting Clube de Braga.
A equipa bracarense, que tem jogadores nascidos no ano de 2003, disputa o campeonato da 1ª divisão distrital de iniciados da Associação de Futebol de Braga, mas está a competir um escalão acima atendendo que o plantel é composto por infantis de 2 anos e alguns de 1 ano.
César Silva foi jogador do União de Tomar, é licenciado em educação física pela universidade do Porto, subiu a equipa do mesmo escalão da Sanjoanense ao campeonato nacional e trabalhou noutros emblemas da formação como Futebol Clube do Porto, Feirense e Geração Benfica de Braga entre outros.
César Silva é filho de Rosa Silva e de António Antunes da Silva (prof. Toneca), falecido em setembro de 2014.
                                                 Paulo Pereira

Capas dos jornais locais

Nesta quinta feira estão nas bancas os dois semanários de Tomar: O Templário e Cidade de Tomar

http://www.facebook.com/tomarnarede
http://tomarnarede.blogspot.pt
tomarnarede@gmail.com

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016

Idosa colhida mortalmente por comboio em Santarém

Na terça feira uma mulher de 76 anos que estava a atravessar uma passagem de nível na Ribeira de Santarém foi colhida mortalmente.
Maria Alzira morava na localidade. Ao regressar das compras atravessou a linha quando a passagem de nível estava fechada. Teve morte imediata.
Notícia do jornal Correio da Manhã