domingo, 4 de dezembro de 2016

Veja como era Tomar nos anos 80

O tomarense António Martins foi ao seu baú de memórias e publicou no facebook uma série de fotografias que mostram como era Tomar nos anos 80.
Era um tempo em que o rali de Portugal passava por Tomar e as “máquinas” estacionavam no hotel dos Templários, praticava-se motonáutica junto à barragem de Castelo do Bode, havia carros estacionados na Corredoura e na Praça da República, o rio Nabão tinha mais espaço para os patos, gansos e cisnes, existia uma escola de ciclo preparatório em pavilhões pré-fabricados junto à escola Jácome Ratton, havia mais árvores no Mouchão e nas margens do rio Nabão, etc.

U. Tomar - Riachense este domingo

O União de Tomar defronta neste domingo, no estádio municipal, o Riachense, líder do campeonato da 1ª divisão distrital da Associação de Futebol de Santarém.
O jogo começa às 15 horas e conta para a 12ª jornada.

Feira de velharias hoje em Tomar


Grupo Desportivo da Sabacheira comemora 37 anos


sábado, 3 de dezembro de 2016

Veteranos do hóquei jogam para a Taça


Necrologia



Passeio solidário BTT em Santa Cita


Associação da Linhaceira comemora 42 anos

A Associação Cultural e Recreativa da Linhaceira comemora o seu 42° aniversário com uma semana cultural. O programa é o seguinte:


Novo padre ordenado neste domingo


O diácono Cláudio Rodrigues, de 27 anos, natural de Torres Novas, vai ser ordenado sacerdote neste domingo, dia 4, pelas 16 horas na igreja catedral de Santarém. A cerimónia é presidida pelo bispo de Santarém, D. Manuel Pelino Domingues.
Cláudio nasceu no dia 12 de maio de 1989 em São Pedro de Torres Novas e foi batizado na paróquia da Meia Via.
A sua Missa Nova vai celebrá-la dia 8 de dezembro, pelas 16 horas, na igreja de Rio Maior, paróquia onde está atualmente ao serviço.

Feira solidária e Vila de Rei no Convento de Cristo

 Neste domingo todos os caminhos vão dar ao Convento de Cristo por três motivos: primeiro porque não se paga para visitar o monumento, segundo porque decorre uma feira solidária e terceiro porque é a vez de Vila de Rei mostrar o seu artesanato e a sua gastronomia.