quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

Nova clínica de estética abriu em Tomar

Abriu na segunda feira, dia 26, na rua de Santa Iria em Tomar a clínica de estética Opencel, um franchising de origem espanhola.
O novo estabelecimento ocupa o espaço onde funcionou o cartório notarial e é um investimento de Carina Penteado.
A Opencel tem como principais serviços vários tratamentos como radiofrequência facial e corporal, cavitação, fotodepilação, fotorejuvenescimento, elevação de seios, peeling ultrasónico, branqueamento dentário, bronzeamento a jato, entre outros.
Segundo a empresária Carina Penteado, “a diferença está na relação qualidade-preço, onde o cliente consegue fazer um circuito com cinco tratamentos não invasivos pelo preço de mercado de apenas um”. Garante que “os resultados obtidos são notórios”.
Desejamos sucesso.

Site da empresa

Página da Opencel no facebook

Liga dos Amigos dos Bombeiros faz nove recolhas de sangue este ano em Tomar

A Liga dos Amigos dos Bombeiros de Tomar deu a conhecer o calendário de recolhas de sangue para o ano de 2015 estando previstas nove ações em várias freguesias do concelho.

14 de março - Associação Cultural, Recreativa e Desportiva de Asseiceira (09h00 - 13h00).
18 de abril - Salão dos Bombeiros Municipais de Tomar (09h00 - 13h00).
2 de maio - Grupo Desportivo e Recreativo das Serras da Sabacheira (09h00 - 13h00).
20 de junho - Associação Cultural e Recreativa de Carvalhos de Figueiredo (09h00 - 13h00).
18 de julho - Associação Cultural, Recreativa e Desportiva de Asseiceira (09h00 - 13h00).
30 de agosto - Unidade móvel do IPS – Lisboa, no Jardim da Várzea Pequena em Tomar (10h00 - 19h00 - Interrompe para almoço das 13h00 às 15h00).
13 de setembro - Grupo Desportivo e Recreativo das Serras da Sabacheira (09h00 - 13h00).
18 de outubro - Unidade móvel do IPS – Lisboa, na Feira de Santa Iria (10h00 - 19h00 - interrompe para almoço das 13h00 às 15h00).
21 de novembro - Associação Cultural, Recreativa e Desportiva de Asseiceira (09h00 - 13h00).

A Liga dos Amigos dos Bombeiros de Tomar realiza ainda duas recolhas na Escola Secundária de Constância, ainda com datas a designar pela direção e pela turma que vai organizar esta ação.
Para terminar fica o habitual apelo à generosidade e altruísmo de todos os tomarenses, à semelhança do que aconteceu com grande intensidade no ano passado.

Festa Templária já tem cartaz… em inglês

A pensar nos turistas estrangeiros, a organização da Festa Templária já lançou o primeiro cartaz da edição deste ano. O cartaz, em inglês, refere alguns dos pontos principais da festa que vai decorrer em Tomar de 27 a 31 de maio.
“Mais que um festival ou uma feira, trata-se de um convite para viajar no tempo, aos olhos de hoje, divulgando a cultura templária, das mais diversas formas”, refere a ADIRN – Associação para o Desenvolvimento Integrado do Ribatejo Norte, que organiza o evento.
Um dos pontos altos da Festa Templária é o cortejo noturno em que centenas de cavaleiros Templários, descem do Convento de Cristo com destino à Praça da República, passando pelas principais ruas da cidade.

Caso do Santiago em foco na TVI

A mãe e a avó do pequeno Santiago foram entrevistadas no programa “A Tarde é Sua” da TVI, nesta terça feira, dia 27.
Liliana e Teresa Rodrigues falaram sobre o caso do Santiago, o menino que em maio de 2013 caiu numa fossa sética e ficou com paralisia cerebral. O acidente ocorreu em Vale Carneiro, Tomar, e deixou o menino entre a vida e a morte.
Depois de responderem às perguntas de Fátima Lopes onde relataram como tudo aconteceu aproveitaram para apelar a quem possa ajudar no pagamento dos tratamentos que Santiago está a fazer. Mas o objetivo principal da família é levar o Santiago a Cuba ou fazer os mesmos tratamentos numa clínica particular especializada neste tipo de reabilitação em Portugal.
Só que esses tratamentos custam milhares de euros e para isso foi criado um blogue e lançada uma campanha de angariação de fundos.

A entrevista na TVI pode ser vista aqui:
Caiu numa fossa e ficou com paralisia cerebral
A mãe do Santiago, Liliana, com a apresentadora Fátima Lopes

terça-feira, 27 de janeiro de 2015

Anúncios publicados há 60 anos

Três curiosos anúncios publicados em janeiro de 1955 no jornal O Templário, já lá vão 60 anos.

Do arquivo da Memória Digital de Thomar

Manuel Subtil e a esclerose múltipla: “temos que ter fé e muita força de vontade”

Manuel Subtil a entrevistar o padre Mário Duarte
Manuel Subtil, 45 anos, jornalista, casado, uma filha. Ele é o principal rosto da rádio e do jornal Cidade de Tomar. Presença assídua nos eventos seja na cidade seja nas freguesias, Manuel Subtil é uma figura conhecida por todo o concelho sobretudo através da sua atividade como jornalista.
No final de 2012 a sua vida mudou radicalmente: soube que tinha esclerose múltipla, uma doença degenerativa do foro neurológico para a qual ainda não há cura.
Depois de 24 anos a trabalhar no grupo “Cidade de Tomar” não teve outro remédio senão reformar-se por invalidez já que a doença o impede de trabalhar normalmente.
Lançámos o desafio a Manuel Subtil para uma entrevista sobre a doença e como enfrentou este revés na sua vida. O mais importante de tudo é a mensagem de esperança que deixa a todos os que têm o mesmo problema.

Tomar na Rede - Como e quando é que te foi diagnosticada esclerose múltipla?
Manuel Subtil - O diagnóstico da doença foi feito em setembro de 2012, no Hospital de Santa Maria em Lisboa, após ter estado à espera de uma ressonância magnética à coluna entre 16 de abril de 2011 (data em que a mesma foi solicitada pelo serviço de neurocirurgia) e 25 de agosto de 2012 (data em que a mesma foi realizada na Cruz Vermelha em Lisboa). Na segunda semana de setembro desloquei-me ao hospital de Santa Maria para mostrar a ressonância magnética ao neurocirurgião, ao ver o resultado da mesma, o médico perguntou pela minha idade, respondi 43 anos, o mesmo saiu da sala, minutos depois voltou e disse-me: “tentei encontrar o meu colega Dr. João Sá, não consegui porque ele já saiu”. Eu perguntei-lhe afinal o que tenho, ele respondeu, uma doença degenerativa, esclerose múltipla, vou pedir uma consulta urgente para o meu colega. A tal consulta urgente só se concretizaria em dezembro de 2012, ou seja, teria que esperar quase três meses, não contente eu e a minha esposa deslocamo-nos ao gabinete do utente da mesma unidade hospitalar, contamos o que nos tinham dito, a minha esposa chorou sem parar, exigiu uma consulta mais rápida, perante tanto desespero a técnica prometeu ajudar e uma semana depois tivemos a tal consulta com o Dr. João Sá. Nessa consulta o médico concluiu pela sua experiência que o diagnóstico do seu colega estava correto, pediu uma ressonância ao cérebro para avaliar possíveis lesões, foi realizada em menos de um mês, graças à intervenção do então ministro e presidente da Assembleia Municipal de Tomar Miguel Relvas, a quem agradeço a sua ajuda. Realizado o exame, o médico que o requereu sofreu um acidente e ficaria ausente do serviço alguns meses, para arranjar alguém que avaliasse a RM foi um grande quebra-cabeças, tive que recorrer uma vez mais há disponibilidade para ajudar de Miguel Relvas que, diga-se, foi incansável, e pela sua intervenção, lá consegui uma consulta com a Dr.ª Ruth Geraldes. Avaliou os exames, pediu outros, que confirmaram a doença, e comecei a ser medicado em novembro do mesmo ano.

Primeiro concerto do coro Canto Firme foi há 35 anos

Um concerto recente no Convento de Cristo
Faz hoje 35 anos que o coro misto Canto Firme de Tomar realizou o seu primeiro concerto. O coro nasceu na Sociedade Nabantina por iniciativa do maestro António de Sousa e estreou-se a 27 de janeiro de 1980.
Mais tarde acabou por se autonomizar como associação de cultura por escritura de 19 de Fevereiro de 1982. Depois de vários anos num espaço provisório do prédio do Centro Comercial Templários, a associação inaugurou a sua sede própria no início da década de 90.
A comemoração dos 35 anos da Canto Firme vai ter lugar na tarde de 21 de fevereiro com a habitual festa da música, que inclui vários concertos. Nesse dia vai ser apresentado o novo logótipo da Canto Firme.
Lançamos o desafio a quem tenha alguma fotografia do primeiro concerto do coro Canto Firme que envie para tomarnarede@gmail.com.
Cartaz do 1.º aniversário

segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

Thomar Honoris, uma nova Associação em Tomar

Por escritura assinada a 3 de dezembro de 2014 no cartório notarial de Tomar foi criada a Associação Thomar Honoris que se dedica ao estudo, pesquisa e divulgação do traje, usos e costumes da época medieval. São sócios fundadores Maria Inês Cúrdia, Vasco Alexandre Alves e Filipe Miguel Pires (presidente).
A nova associação pretende fazer algumas recriações históricas a partir da temática dos Templários e não só a nível local, regional e nacional. Os promotores aliam a esgrima histórica à representação e a outros tipos de artes medievais. Estão já a trabalhar em parceria com a Companhia Livre, dedicada a recriações históricas.
A Thomar Honoris tem treinos de esgrima medieval e artes de combate na sede da Sociedade Nabantina, às terças feiras das 19 às 21 horas.
Tem presença no facebook através da página https://www.facebook.com/thomarhonoris