quinta-feira, 15 de março de 2018

Unidade hoteleira pagou a multa que PSP aplicou a turistas

O hotel Cavaleiros de Cristo, no centro histórico de Tomar, pagou a multa de 60 euros aplicada a um casal de turistas italianos que, no dia 25 de fevereiro, estacionaram na rua Alexandre Herculano para descarregar as malas e foram multados pela polícia.

O caso provocou um misto de revolta e indignação pelo excesso de zelo por parte da polícia e pela decisão da Câmara de não autorizar um lugar de estacionamento para que os clientes possam carregar e descarregar as suas malas.
Mas, apesar da má experiência, os turistas não ficaram zangados com Tomar como fizeram questão de escrever no site TripAdvisor:
"Na última semana de Fevereiro de 2018, eu e a minha mulher visitámos Portugal pela primeira  vez. Um país maravilhoso pela cultura, pela história e pelo clima. Visitámos Lisboa e parte da região centro. Estivemos em Tomar, cidadezinha belíssima e cheia de história (Sede da Ordem dos Templários, mais tarde Ordem de Cristo), que nos fascinou muitíssimo. Ficámos hospedados no Hotel Cavaleiros Cristo, carinhoso, acolhedor, económico e tranquilo. O seu proprietário mostrou-se cortês, gentil, sempre disponível e muito generoso. Podemos dizer que foi o melhor sítio em que estivemos em Portugal, com uma única exceção: Um polícia que mais pareceu um sherife à antiga, resolveu multar-nos, porque estávamos parados na via para descarregar as bagagens, dado não haver local próprio para esse efeito frente ao hotel. Uma pessoa absolutamente incapaz para a missão que desempenha, e cuja miopia o impede de ver os reflexos da sua atitude intransigente na economia turística do seu país.
Perante a sua insistência, lá acabámos por pagar de má vontade os 60 euros da multa, por uma paragem de cinco minutos em plena calçada.
Na manhã seguinte tivemos a grata surpresa de recuperar os 60 euros da multa, entregues pela direção do hotel, que assim se mostrou generosa, inteligente e capaz de ver mais longe. Agradecemos a gentileza, prometemos que vamos manter o contacto e que voltaremos como hóspedes."

4 comentários:

  1. Repito o que já disse da primeira vez que esta notícia saiu aqui: Jorge Neves, enquanto não untares as mãos certas vais ter este problema sempre à perna...
    Em Tomar é assim!!!

    ResponderEliminar
  2. Parabéns à direção do Hotel pelo gesto nobre ao pagar a multa ao seu cliente.
    Parabéns ao cliente pela critica certeira que fez ao zeloso agente de autoridade.

    ResponderEliminar
  3. tenho vergonha de tanto zelo a cidade merece melhor atendimento para quem nos visita é de lamentar esta situação

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Porque tem toda a razão estou de acordo consigo.Os comentários feitos significam o descontentamento dos Tomarenses,fazendo votos de quem de direito tenha a capacidade de corrigir situações deste tipo.

      Eliminar