quarta-feira, 26 de abril de 2017

Número da semana: 24.259.848 euros

A dívida total do Município de Tomar, a 28 de fevereiro de 2017, ascendia a 24.259.848 euros, "considerando o contributo dos SMAS, da CIM Médio Tejo, da ANMP, da AMPV, da APMCH, dos MPH, da Resitejo e da Médio Tejo 21 a 31/12/2016".
O número consta da informação, obrigatória por lei, prestada pela presidente da câmara à assembleia municipal de Tomar.

9 comentários:

  1. É bom relembrar que este executivo não só não aumentou a dívida total do município, como a baixou de 37,2 milhões para os 24 milhões apresentados na noticia. Mas como isso abona a favor do atual executivo não é apresentada essa informação, e é assim, infelizmente, que este meio de comunicação não legalizado funciona.

    ResponderEliminar
  2. Boa Hugo. Ainda bem que não tens mais nada que fazer do que andar a replicar às notícias que vão surgindo. É sinal que os problemas para além da dívida já estão todos resolvidos.
    Aliás é andar por Tomar e percebe-se logo... Também podias explicar como é que essa diminuição foi feita. Os eleitos do PS abdicaram dos ordenados, senhas de presença, ajudas de custo, despesas de representação, tudo a favor do pagamento da dívida; Juntaram-se todos e andaram a trabalhar nas obras que existem fora do concelho de Tomar e ofereceram o dinheiro que ganharam para reduzir a dívida ou limitaram-se a não fazer nada a não ser aumentar taxas e com o dinheiro pago pelos tomarenses vão pagando umas contas, maquilhando outras e arranjando novas dívidas?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Perguntas simples: a) a dívida baixou em 3 anos de 37,2 para 24 milhões de euros? Sim! b) quem deixou a dívida visível e não visível de 37,2 milhões para os eleitos do PS? A Câmara PSD. c) estes milhões de dívida devem-se a algum investimento que melhorou o concelho e proporcionou um melhor futuro? Não. d) os eleitos do PSD abdicaram dos ordenados, senhas de presença, ajudas de custo, despesas de representação, durante os 16 anos que estiveram no executivo? Não.

      Eliminar
  3. Para o primeiro anónimo, isto é apenas um número, real, oficial. Se se pretendesse publicar uma notícia sobre as contas da câmara a abordagem teria de ser outra, muito mais desenvolvida. Quanto à ilegalidade deste blogue, felizmente ainda há poucos dias se comemorou o 25 de Abril e a liberdade de expressão e de informação foi uma das conquistas. Por mais que isso custe a alguns...

    ResponderEliminar
  4. O Hugo apesar de ter as costas largas, não significa que tenha sido ele a escrever, até porque são muitas centenas a pensar e a saber a veracidade dos factos...

    ResponderEliminar
  5. Como e que se legaliza um blog? isso e tipo uma license da camara?? As pessoas nao percebem que um blog nao e um meio de comunicacao social nem Tao pouco os bloggers precisam de ser jornalistas. Desse que o artigos nao ofendam ou difamem outros Sao perfeitamente legitimos, portanto quem tiger com comichao, pode criar o Seu blog a vontade :)

    ResponderEliminar
  6. É uma pena que o vereador Hugo Cristóvão não assine o que escreve, até porque escrevendo bem, podia ajudar a clarificar muitos dos disparates e informações descabidas que vão circulando em Tomar, ao longo dos muitos anos
    até agora.

    Quanto ao número e à diminuição da dívida, obrigatória desde a entrada em
    vigência da lei 8/2012, se tivesse sido continuado e esforço de 2014, ela seria hoje de pouco mais de 20 milhões€. Infelizmente o diferencial - de quatro milhoes€, significa que nos anos de 2015 e especialmente 2016, se usou demasiados recursos financeiros, situação que irá ser agravada este ano por motivos óbvios.

    Luis Ferreira

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como alguém em tempos disse " há mais vida para além do défice", e concordando com a diminuição da dívida levada a cabo pelo actual executivo, não posso deixar de discordar do seu ponto de vista, onde nada mais parece interessar...

      Eliminar
  7. Este senhor não é aquele que abusivamente anda a utilizar a base de dados dos eleitores para divulgar coisas sem jeito?
    É de ter pena dele, ao que chegou! Perdeu toda a pouca credibilidade que tinha...

    ResponderEliminar