domingo, 25 de junho de 2017

Cidadão volta a ligar a água para os pombos

Num ato de rebeldia, um cidadão voltou a ligar a água do bebedouro dos pombos na Praça da República em Tomar.

Na última semana de maio, a câmara tinha desligado o fornecimento de água àquele bebedouro, o que gerou opiniões de indignação nas redes sociais.
O argumento da câmara é afugentar os pombos da Praça da República e poupar dinheiro na fatura da água.
“Tomar na Rede” enviou em 27 de maio uma série de perguntas à câmara sobre este problema, mas como habitualmente, a resposta foi o silêncio. No entanto, o vereador Hugo Cristóvão tem tempo para defender a decisão nas redes sociais e argumenta que a câmara gasta 600 euros por mês com a água daquele bebedouro.
O ambientalista Américo Costa, candidato à câmara de Tomar pelo Partido Trabalhista Português, escreveu no facebook que foi um membro da sua lista que, este sábado, ligou a água do bebedouro.
Foto de Joaquim Cotovio

As perguntas a que a câmara de Tomar não responde

8 comentários:

  1. Simplesmente lamentável esta atitude do cidadão ligar a água, mas penso que os responsáveis tem maneira de cortar definitivamente a água daquele espaço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lamentável foi a câmara ter desligado a água... Afujentar mas era os que estão na câmara em vez dos pombos!! Enfim... Tomar tem de estar sempre na boca do povo...e sempre pelas piores coisas!! As vezes ate parece anedotas!!!

      Eliminar
    2. Devia ser lamentável é a atitude da câmara de negar água aos animais, isso sim é verdade uma pobreza de espírito, poupem em outras coisas!

      Eliminar
  2. Depois de uma campanha CMT em que se anunciaram coimas na sequencia da alimentaçao dos pombos, nao faz qualquer sentido manter a o bebedouro a funcionar com um rio tao perto. Assim sendo, as entidades compentes deveriam de proceder em conformidade com as ações desse "bom cidadão", além de ir contra leis / ordens existentes, interviu num equipamento no qual nao tem qualquer autoridade.

    ResponderEliminar
  3. "uando em grande número num determinado local,essas aves podem causar danos à saúde e ao ambiente. As principais doenças transmitidas pelos pombos são: criptococose, histoplamose, alergia, toxoplasmose, ornitose, samonelose, psitacose, coccidiose, candidíase, encefalite, pseudotuberculose, tuberculose avícola e mais 26 doenças registradas. As doenças acometem principalmente as pessoas que estão com o seu sistema de defesa enfraquecido, pelo uso crônico de medicamentos como os corticóides, usados no tratamento de alergia, bronquites, transplantes e nefrites."

    http://meioambientetecnico.blogspot.ie/2011/12/os-pombos-e-os-perigos-saude-publica.html

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Meu caro concidadão, neste mundo a praga somos nós, mas a mãe natureza vai arranjar forma de acabar com esta praga e deixar viver apenas quem merece viver. Já temos o nosso lugar cativo no corredor das espécies extintas e já não deve faltar muito. Aí sim, pombos e demais poderão viver tranquilos!

      Eliminar
    2. Oh meu caro senhoor, eu sei que o sporting nao ganha o campeonato as 2 anos mas e preciso ser tao fatalista !!

      Eliminar
  4. Real mente 95% da raça humana não merecem sequer o chão que pisam e quando abrem a boca só sai bosta


    ResponderEliminar