segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

Os cidadãos de Tomar merecem uma explicação

O povo de Tomar assiste impávido e sereno ao triste espetáculo que se está a passar na câmara de Tomar. Tira-se e devolve-se pelouros e tempos inteiros como se o poder local fosse uma brincadeira de cachopos do género “rapa, tira, deixa e põe”.

“É uma comédia”, “é uma anedota”, “aquilo é uma palhaçada”, “não tem ponta por onde se lhe pegue”, são alguns comentários que se ouve na rua e se lê nas redes sociais.

Aquilo a que os cidadãos têm assistido não dignifica o poder local e descredibiliza por completo os políticos, além de contribuir para um crescente afastamento dos cidadãos em relação à política.

A presidente Anabela Freitas devia vir a público justificar as razões das alterações na câmara, fosse através de um comunicado ou uma conferência de imprensa, por exemplo. O povo merece e tem direito a saber.

Também o vereador Rui Serrano, em vez de se escudar num silêncio cobarde, devia publicamente explicar porque foi demitido de vice-presidente, porque entregou os pelouros e porque, passados poucos dias, volta a ter pelouros.

Neste jogo dos pelouros e do entra e sai, os eleitores são meros espectadores, tratados com desprezo. Esquecem-se os autarcas que devem prestar contas ao povo que os ajudou a eleger.

É o mínimo que se exige a um titular de cargo público é que respeite os cidadãos. Estes têm direito a uma explicação. Têm direito a saber o que se passa, o que levou às alterações e, já agora, que alterações foram essas, porque oficialmente nada se sabe. Apenas aquilo que os órgãos de comunicação social vão divulgando com base em fugas de informação.

Tomar e os tomarenses merecem respeito!

                                                                 José Gaio

6 comentários:

  1. Concordo com quase tudo, a questão foi bem levantada. Não se compreende esta dança, que descredibiliza os intervenientes. O melhor será sempre o esclarecimento, a transparencia evita novelas, já temos tido que chegue!...não compreendo a maneira pouco "elegante" como o José Gaio se refere ao vereador Rui Serrano, é um tipo de linguagem que não condiz nem com um nem com o outro...

    ResponderEliminar
  2. O comentário anterior de um desconhecido para a maioria dos tomarenses por não se saber de nada que tenha feito pelo concelho parece ser de alguém bastante inculto.
    O que interessa é perceber efetivamente o que se passa na câmara e porque e que alguém que toma a atitude de largar os pelouros,depois de ter sido despromovido pela presidente de câmara, volta como se nada se tivesse passado. Meramente sobrevivência pessoal? Falta de emprego rentável no exterior?
    Seria bom, Zé Gaio, podermos saber a verdade. Parabéns pelo blogue. Incomparavelmente melhor do que outros que apenas escrevem para acreditarem que ainda existem.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tem toda a razão cara inteligência anónima. Sou um inculto,ainda por cima com muito pouca experiência de vida.Por isso resolvi remover o meu comentário. Não sabia que neste blogue aceitavam comentários anónimos tão fundamentados e certeiros como o seu. Peço humildemente desculpa pela minha enorme ignorância.
      E estou certo que é com cidadãos inteligentes e frontais como você que Tomar vai dar um passo em frente.Para o abismo, claro está...

      Eliminar
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
  3. José Gaio, concordo com o seu artigo de opinião. Não compreendo o secretismo da CMT - mais uma vez desilude!

    ResponderEliminar