sábado, 22 de abril de 2017

Pintor dos murais faz comentário homofóbico

João Maurício (Violant), autor dos dois murais pintados este mês junto ao rio Nabão e na entrada sul de Tomar, publicou um comentário homofóbico na sua página no facebook.
Em resposta a um comentário de apoio ao seu trabalho no qual se desvalorizava as opiniões negativas sobre a polémica pintura mural “Velhos do Restelo”, Violant escreveu que sente “a necessidade de dar banho a uns quantos maricas lá no rio (Nabão)”.

10 comentários:

  1. E SE LHE DEREM UMA CORRIDA DE PEDRA?

    ResponderEliminar
  2. Eu na realidade não entendo, é como se ainda perde tempo e tinta com estes badamecos.

    ResponderEliminar
  3. Os tomarenses permitem comentários destes e ainda por cima por quem está a ser pago com os nossos impostos????? As pinturas já são atípicas à cidades...com estes comentários até incomodam....

    ResponderEliminar
  4. Agora se percebe porque o pintor dos murais agrediu, se é que realmente o fez, e se o fez foi pena aquelas que falhou. Porque este blogue não é informação é pura mesquinhez, mas vindo de quem vem não surpeende.

    ResponderEliminar
  5. Não conheço o rapaz , mas ele deve ter as seus motivos. se ele conhece os maricas é porque já tive contacto com eles e não gostou , ou então ficou desiludido com algum . mas também não entendo o que tem a ver o RESTELO com TOMAR !...Ma como sou leigo na matéria , fico por aqui .

    ResponderEliminar
  6. Não deixa de ser irónico ter sido um *maricas* a contrata lo

    ResponderEliminar
  7. Acho isso tudo muito bonito virem comentar que o Violant fez isto e aquilo e o estarem a repetir a notícia dias atrás de dias para denegrir a imagem dele mas porque é que não metem aí toda a história? Porque é que não metem por exemplo que lhe queriam pagar menos do que um pintor qualquer aceitava para pintar uma parede de casa de branco? E isso não é falta de respeito para o trabalho dele? Á esperem isso não vos interessa, oh o terem obrigado o rapaz a andar á pintar de barco ao imporem uma parede para ele pintar quando ele não queria essa parede. Mas podemos continuar falam em pedrada porque é que não dizem que o rapaz andou a ser apedrejado enquanto andava a pintar? Só tenho pena que ele não exerça o direito de resposta e meta a história toda a nu pode ser que a cidade que tanto defendam não seja bem como pensam.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois! Eu logo vi que o Violant era uma vítima, coitadinho do infeliz, ainda para mais discriminado e explorado pelos malandros dos autarcas, onde já se viu uma coisa dessas? Agrediu aquele gajo do Tomar na rede, mas isso são coisas que acontecem. Quem anda à chuva molha-se.

      Eliminar
  8. Andas meninos a estudar 4 anos de comunicação social para fazerem uma notica destas?!?! Ganhem vergonha e não criem polenica onde não há. O rapaz pode não ter tido a melhor atitude, mas agora cada passo que dá no seu facebook é notícia?! Isto é a tomar tv ou a cmtv?

    ResponderEliminar