terça-feira, 9 de agosto de 2016

Fátima: nem museu da vida de Cristo escapa à crise

A empresa Vida de Cristo - Parques Temáticos, Lda., responsável pelo museu Vida de Cristo em Fátima, acionou um “Processo Especial de Revitalização” para tentar sair da situação economicamente difícil em que se encontra. O objetivo é tentar negociar com os credores para que as dívidas sejam reduzidas ou que os prazos de pagamento sejam dilatadas.
Da lista de credores fazem parte entidades bancárias e fornecedores, entre outros.
O processo, nas mãos da administradora de insolvências Tatiana Brás, está em curso no tribunal de Santarém e já há uma lista provisória de credores.
O museu foi inaugurado em 2007 e mostra mais de 200 figuras de cera em diferentes cenários que representam várias fases da vida de Cristo.

1 comentário:

  1. O que é que tem? Cristo também não ressuscitou?

    ResponderEliminar