terça-feira, 19 de janeiro de 2016

Caso Luís Ferreira é notícia a nível nacional

A anulação dos concursos de mobilidade na câmara de Tomar é notícia hoje no jornal "Correio da Manhã". Perante o escândalo e a onda de indignação que o caso suscitou, com suspeitas de favorecimento e compadrio, a presidente da câmara não teve alternativa senão anular os concursos de mobilidade.

5 comentários:

  1. Livraram se de serem acusados de corrupção

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Corrupçao!??
      Não sabe, mas a Presidente nos casos de mobilidade basta a pessoa e o outro município autorizar, e apenas ela ou o vice-presidente tem de emitir um despacho....
      Se ela abriu concurso penso que foi só para tornar as coisas mais claras. Outra coisa, sendo ela familiar da pessoa em causa, não poderia ela assinar qualquer despacho, teria de ser o Vice-presidente.
      O Luís Ferreira como funcionário nessa categoria noutro município podia perfeitamente concorrer...
      Não me parece de haja aqui qualquer "pingo" de corrupção

      Eliminar
  2. Faz-me lembrar os tempos de Pedro Marques ( negocios divorcios bombas de gasolina etc.etc. ) enfim sempre o P.S. no seu melhor.

    ResponderEliminar
  3. À mulher de César não basta ser séria...

    ResponderEliminar